«No mundo, há gente notável!»

18/02/10

DOSSIER DE 2010, FOI ENTREGUE Á COOPERAÇÃO PORTUGUESA

Ao IPAD em Lisboa (Orgão tutelado pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros), deslocaram-se dia 17 Fevereiro, dois membros da estrutura da Humanitarius, afim de apresentar á Cooperação Portuguesa, o que se pretende fazer na Guiné em nome dos Portugueses, com o projecto "ALICERCE XXI".
Recorde-se que a Cooperação Portuguesa, desenvolve na Guiné, e noutros países dos Palop´s, um rigoroso trabalho na ajuda pública ao desenvolvimento. A par de outros projectos, a Educação tem merecido desta instituição Portuguesa, um grande investimento, assim como nas infra-estruturas sociais, que são uma obra de grande relevãncia.
A Reunião com o Presidente do IPAD, Prof. Augusto Correia, pretende fazer uma amostragem do projecto com outros projectos, que visam dar um apoio sério e desinteressado á Educação e Saúde, pilares fundamentais para a construção do desenvolvimento.
A Coordenação Geral, entregou um Magazine ilustrado, onde consta todo o histórico do projecto, assim como uma listagem dos meios doados, que a ONG Algarvia, pretende fazer chegar á Guiné-Bissau, com a supervisão da Cooperação Portuguesa em Bissau.
Numa carta dirigida ao IPAD, foi solicitado o apoio para o envio do contentor de 40", aguardando agora uma resposta, o que poderá acontecer nos próximos dias.

ASSOCIAÇÕES PORTIMONENSES, JUNTAM-SE AO GRUPO DE DOADORES

ASSOCIAÇÃO FLOR AMIGA
A CATRAIA
ASSOCIAÇÃO ONCOLÓGICA DO ALGARVE
ASSOCIAÇÃO DE VOLUNTÁRIOS DE PORTIMÃO
Todos juntos, para dar "vida" a uma causa.
A Associação Humanitarius, não podia esperar outra coisa, senão contar com a boa vontade, espírito cooperativo e empenho do associativismo local. Desinteressadamente as quatro instituições Portimonenses, contribuíram com o processo de ajuda social á Guiné-Bissau. Aliás, a diáspora Cabo-Verdiana, e Santomense, também deram o exemplo, e o contributo para o "povo irmão" da Guiné.
A Associação Flor Amiga, que só nos conheceu á muito pouco tempo, realizou uma campanha, junto dos seus associados, e juntou muitos donativos em roupas para as populações mais carentes do interior Guineense.
A Catraia, instituição de solidariedade social, uma vez mais "deu alma" a este projecto, com milhares de brinquedos, roupas, e outros equipamentos.
A Associação de Voluntários de Portimão (AVP), parceira legal da Humanitarius, reforçou a sua colaboração, disponibilizando voluntários, para o embalamento selectivo de todos os meios. Por outro lado, a AVP, conseguiu milhares de brinquedos, roupas de criança e muitos outros donativos, para o povo da Guiné-Bissau.
Em Janeiro deste ano, juntou-se a este "role" de amigos, a Associação Oncológica do Algarve (Portimão), que reuniu entre sócios e amigos da instituição, roupas, equipamentos informáticos, vídeos didácticos, aparelhagens sonoras, tudo para uma instituição Guineense.
São estes laços de cooperação e amizade, que dão "brilho" ao trabalho realizado pela Humanitarius ONG Portimonense, que prepara já os seus laços de cooperação, com Moçambique para 2011.
A todos os parceiros associativos, seus responsáveis e coordenadores o nosso muito obrigado, pela colaboração, para com o povo Guineense.

PARTIDA DOS CONTENTORES ADIADA

A partida inicialmente prevista, para dia 18 de Fevereiro, dos contentores humanitários, foi adiada para os próximos dias.
A dificuldade em conseguir a confirmação dos apoios, ou financiamento, que possa cobrir os custos do despacho, para a Guiné-Bissau, dificultaram o processo, atrasando assim, a partida dos mesmos.
A Associação Humanitarius, conseguiu os melhores preços do mercado, com uma grande ajuda do operador transitário, que também foi sensível, á missão a que se destinam.
Infelizmente, foram feitos alguns pedidos de apoio e candidaturas ao financiamento destes módulos de transporte, mas as respostas tardam em chegar. Hoje pela manhã, a Coordenação Geral, solicitou que fosse adiado para mais uns dias, o despacho dos contentores.
OS MEIOS
1 Contentor marítimo de 40 pés (12 metros), completo com equipamento hospitalar e Educação.
1 Contentor de 20 pés (6 metros), só com doações de Apoio social e brinquedos.
Ao todo são 40 Toneladas de bens doados, para apoiar a Saúde, Educação e ajuda ás populações mais interiorizadas, da Guiné-Bissau.
APELO AOS EMPRESÁRIOS
A Humanitarius, faz um convite aos empresários, que possam ao abrigo da lei do Mecenato social para que ajudem a ONG Humanitarius, sendo que a Associação emitirá respectivo recibo de apoio, patrocínio ou financiamento.