«No mundo, há gente notável!»

27/01/10

MUNICIPALIDADE SOLIDÁRIA, TEM SIDO A "ÂNCORA" DOS PROJECTOS HUMANITARIUS

A Humanitarius, no ambito dessa "Cooperação" necessária á ajuda ao desenvolvimento, faz o seu trabalho de campo, angariando o grupo doador, para dar corpo aos projectos de apoio social, apoio á educação e saúde. A nossa Municipalidade, ajuda-nos concedendo alguns apoios que vão para a logística dos meios e estrutura social.
Desde 2007, altura em que nascia a I Expedição Humanitária Algarve-Guiné, que os Munícipios de Portimão, Lagos, Lagoa e Albufeira, têm vindo a mostrar que, mais que dar um simples apoio, são acima de tudo concelhos solidários neste processo.
Hoje, qualquer destes Munícipios, são uma espécie de "padrinhos" de cada um dos projectos, da Associação Algarvia.
Todo o esforço, seria certamente em vão, senão tivessemos este importante apoio, da nossa municipalidade.

LOGÍSTICA: PROJECTO Á GUINÉ, SOBE PARA DOIS CONTENTORES

DONATIVOS PARA ACÇÃO SOCIAL, EDUCAÇÃO E SAÚDE, COMPLETAM DOIS CONTENTORES, COM AJUDA HUMANITÁRIA, Á GUINÉ-BISSAU.
Com partida prevista para 15 de Fevereiro, por via marítima, um contentor de 20 pés, com todos os donativos para apoio social e Escolar, outro de 40 pés, só com equipamentos doados por CHBA (Portimão) e HDF (Faro)
A direcção foi peremptória em afirmar a sua colaboração na doação de alguns equipamentos e outros suportes de apoio á sua saúde, no projecto coordenado a partir do Algarve pela Humanitarius. "Não é possível ficar indiferente, a tantas dificuldades, especialmente, quando se trata de saúde materno-infantil, o Hospital pode contribuir, com alguns meios, que farão certamente a diferença." - referiu a Pres. do Conselho de Administração do Hospital, Drª Ana Paula Gonçalves. Após uma reunião, realizada na passada semana, que contou também, com a presença da Drª Helena Gomes, Directora clínica do HDF, a direcção decidiu contribuir com materiais e equipamentos, que são considerados excedentários ao seu serviço.
Ambas as dirigentes hospitalares, com a presença da Engª responsável pelo património, decidiram, testar e mandar reparar, um ou outro equipamento, para que tudo funcional e operacional.
Na próxima semana, a Humanitarius, vai levantar todos os materiais e equipamentos, que completam um contentor-hospital de 40 pés ou seja (12 metros).