«No mundo, há gente notável!»

16/12/08

«SILÊNCIO» SOBRE ACORDO DE GEMINAÇÃO, PODE PÔR EM CAUSA TODA A OPERAÇÃO.

A Humanitarius, Associação Humanitária de Apoio Social Internacional, receia que a ausência de comunicação e resposta, por parte da edilidade portimonense, sobre o acordo de geminação préviamente revisto em Junho, onde ainda não mereceu uma resposta deciviva por parte do executivo, possa pôr em causa, uma operação humanitária de larga escala, prevista para 6 de Fevereiro. Os «Timings" já não podem ser dilatados, e para alêm do envio do contentor de 40 toneladas que terá de ser despachado até 15 de Janeiro, todo um conjunto de projectos de apoio social, estão dependentes de uma resposta da autarquia. Em Buba, milhares de pessoas aguardam a chegada da equipa humanitária, que para além de recuperar o Centro de Saúde local, acabar um pavilhão escolar, leva também consigo donativos vários, roupas, calçado, brinquedos, Livros e material escolar, equipamentos de apoio clinico, etc, tem ainda sob a sua égide, a promoção de uma reunião magna com várias instituições públicas, ONG's, Entidades representativas da UE e ONU.
A expedição está prevista desde Agosto do corrente para 6 de Fevereiro próximo, envolvendo meios humanos e materiais, que dependem agora de um «sim ou não» sobre o acordo anunciado e decidido em reunião na CM Portimão.
As decisões institucionais e paralelamente oficiais e diplomáticas estão assumidas, falta só o deferimento ou não da autarquia de Portimão.
A coordenação geral de projectos, vai pedir com caractér de urgência, uma reunião ao executivo camarário.
A Coordenação da Humanitarius, tornará publico em comunicado, o resultado dessa petição.