«No mundo, há gente notável!»

26/04/10

GUINEENSES AGRADECEM AOS PORTUGUESES, TODA A COOPERAÇÃO

As instituições Guineenses, que foram beneficiárias, dos donativos enviados de Portugal, para o seu país, já começaram a fazer a sua entrega partilhada ás populações ou comunidades, que a elas estão inseridas, num quadro de prioridades, dadas as suas necessidades. Após três intensos dias, na preparação dos meios, para que todos recebessem a sua parte, a Humanitarius deve reconhecer que graças á grande colaboração do responsável pelo Bairro da Cooperação Portuguesa, Sr. Vitor e dos colaboradores, que foram confiados á Associação algarvia, tudo decorreu com boa orientação.
Na imagem, a carrinha da Escola Bengala Branca (AGRICE), associação que faz parte da rede de apoios da Rede Ajuda (RA), hoje nossa parceira na Cooperação, tal como as outras instituições, apressaram-se a enviar uns por mail, outros por telefone, os seu reconhecimento que deverá ser replicado por todos os doadores. Um sentido e emocionante agradecimento, que comprova o carinho, respeito e amizade, que este povo tem para com os Portugueses.
Apesar de tudo, justificou-se a deslocação da Humanitarius (Coordenador), á capital da Guiné-Bissau. Aliás, nem podia ser de outra forma, essa articulação entre a Coordenação no terreno, com o Adido da C.P. fez todo o sentido. Tudo funcionou, sem problemas, sem as habitais confusões em torno de um contentor.
Em nome das instituições, seus responsáveis, mulheres e crianças beneficiárias desta cooperação amiga, parceiros voluntários e, Cooperação Portuguesa, a Humunitarius agradece a todos o grande gesto, que não pode, nem deve ter outra interpretação, que não seja a de ajuda pública ao desenvolvimento.
Conscientes que, tudo o que foi entregue, foi equilibradamente... bem entregue!
As instituições a quem foram entregues as doações, são credíveis, sérias, empenhadas, dedicadas e conscientes. Só assim, faria sentido rubricar um protocolo de cooperação.
Graças e estes homens e mulheres, que dirigem os destinos das suas ONG'S na Guiné, pelo serviço que prestam no contexto do Apoio Social, Saúde, Educação, Formação e Desenvolvimento, é possível dizer...assim vale a pena continuar.
A todos o nosso obrigado.