«No mundo, há gente notável!»

25/02/10

VILA DO BISPO "APADRINHA" ESCOLA NA GUINÉ

Por: Helena Duarte
Resp. Apoio Social Humanitarius
Autarquia, apesar de não poder partilhar financeiramente, nesta fase, abriu uma porta no processo de ajuda á Guiné-Bissau, vai ajudar com equipamentos escolares.
O processo de "apadrinhamento", passa a ser institucional, Vila do Bispo, terá a sua imagem associada a uma escolinha no interior, da Guiné. Em Manpatá (Saltinho), no extremo sul do território, a escola local, passará a conhecer, o seu padrinho apoiante.
Numa reunião tida com a responsável pela acção social, a edilidade, assinalou desde logo, a débil situação financeira, tendo o executivo lamentado o facto. Mesmo assim, a autarquia, fez questão de referir, que os meios para equipar uma escola, seriam uma realidade, daí que no próximo ano, Vila do Bispo, já terá uma novidade diferente, até porque o processo de apadrinhamento, inicia agora uma nova vida, com a mediação da Humanitarius.
O Coordenador de projectos da Humanitarius, refere - "Esta tomada de posição do executivo camarário, e da sua equipa dinâmica e decidida, mostra que apesar das dificuldades financeiras, não se pode baixar os braços, na ajuda ao desenvolvimento de países, que muito precisam desta nosso contributo. Se existe material e equipamentos, que podem ser úteis ás escolas e ao ensino, então porque não contribuir desta forma? É este o caminho, é preciso, é fazer qualquer coisa." - Destaca João Almeida, coordenador geral da A.H.A.S.I. Dentro de dias, a Associação será fiel depositária de Cadeiras, Mesas (Secretárias), Armários e Quadros para as salas de aulas, da escola primária e pré de Manpatá, sul da Guiné-Bissau.
(Continua)

ARS ALGARVE, JUNTA-SE AO GRUPO DE DOADORES Á SAÚDE

Hospital de PEMBA (Moçambique), vai nos próximos meses, receber um equipamento de Radiologia (RX), com dois suportes de laboratório e revelação, das "chapas", e que poderá não ficar por aqui.
Dadas, as necessidades, deste equipamento, que se encontra em estado de , deste equipamento, que se encontra em estado de conservação óptimo, devidamente manutenciados, técnicamente, o Hospital de Pemba (região Norte) de Moçambique, á muito que tinha dificuldades neste serviço. Após uma visita de Manuel Filipe (Observador técnico), foi construído um dossier das dificuldades, falhas de equipamentos e materiais de uso clínico. Assim que a Humanitarius, tomou conhecimento dessas dificuldades, articulou com a Médica Ana Lopes do Hospital de Faro, esforços no sentido de se conseguir um equipamento desta envergadura.
A ARS - Algarve, prontificou-se a fazer a doação desse material, que dentro de 3 meses seguirá rumo a Moçambique, com a supervisão da Humanitarius.
O Coordenador da Humanitarius, vai acompanhar o processo de instalação dos meios em Pemba, e fará um relatório sobre outras necessidades no sector da saúde naquela cidade Moçambicana.
A tipologia desta cooperação, assenta num protocolo de apoio sem fins lucrativos, na ajuda á saúde das populações.
A ARS-ALGARVE, junta-se ao grupo dos doadores á saúde em África.