Mensagens

A mostrar mensagens de Março 5, 2009

"INCIDENTES" EM BISSAU, PARARAM MISSÃO DA HUMANITARIUS

Imagem
Assassinato de "Nino" Vieira e do Chefe do Estado Maior das Forças Armadas, na madrugada de Domingo para Segunda-Feira, forçaram a paragem da missão dos Algarvios na Guiné. O clima vivido no dia desses acontecimentos, foi de alguma preocupação embora nunca chegasse a ser de insegurança. Desde a embaixada Portuguesa em Bissau e até dos munícipios de Lagos e Portimão, apoio e confiança, foi coisa que nunca faltou aos 5 "cooperantes" algarvios, em missão humanitária na Guiné-Bissau, nomeadamente em Buba (sul) do território. Nesta zona da Guiné, cerca de 200 km da capital, colados ao rádio, os expedicionários da humanitarius, iam escutando a par e passo a evolução noticiosa. Todos os Bubenses nos deram apoio, manifestando tranquilidade e serenidade. Por causa destes acontecimentos, o "sistema" operacional da administração pública quase parou. Dois dias depois, já em Bissau, a delegação algarvia, quando tentava agilizar o desalfandegamento do contentor, reparo…