«No mundo, há gente notável!»

07/04/09

MILHARES DE BRINQUEDOS, CAUSARAM GRANDES SENSAÇÕES

Por: Alexandre Kamare Sambú (Colaborador Voz de Bissau) Fotos: Helena Duarte / André Cadete
Fosse que brinquedo fosse, milhares de crianças mostraram "explosões" de alegria. Algumas dessas crianças, no interior sul da Guiné, nunca tinham tido um brinquedo.
«Só por isto, vale a pena. Alguém consegue imaginar a sensação destas crianças, assim que recebem um simples brinquedo? É muito díficil explicar, ou passar essas emoções.» - remata João Almeida, um dos três elementos da equipa humanitária, que por por estas bandas passou, durante mês e meio, numa acção de apoio social. Apesar dos muitos atrazos a que o contentor de ajuda vindo de Portugal, foi sujeito, assim que na cidade de Buba se soube da sua chegada, formaram-se, filas de gente, para conseguir algum donativo. A reforçar a equipa portuguesa no terreno, estava um veterano destas andanças, António Camilo e ainda Loa NatCharre, conselheiro da Governadora de Quinara, para acompanhar a distribuição dos donativos.
Foram dias e noites, muito intensos para que a distribuição fosse realizada, segundo as exigências da organização portuguesa de apoio social, a partir da sua "base", instalada em Buba.
No exterior da missão católica, local de armazenamento dos milhares de donativos, formaram-se grandes cordões humanos, durante horas a fio, na expectativa de conseguir algo. «Claro que sempre que possível, íamos chamando alguns grupos de pessoas, mas não conseguímos, chegar a todos. Seriam precisos muitos contentores. Prioridade a mulheres e crianças, especialmente a senhoras que por vezes chegaram a estar desde manhã junto á rede com crianças ás costas.»-salienta o chefe da organização. Do contentor humanitário chegado a Buba, faziam parte, caixas cheias de brinquedos, muito material escolar, colchões e suportes de cama, materiais de construção para dois projectos de obras na C+S e Centro de saúde de Buba, muita roupa de mulher e criança, assim como calçado, bolas, mobiliário de apoio á saúde, material eléctrico entre muitos outros, que completaram um contentor de 40", com ajuda a Buba. Refira-se que este contentor, seguiu em finais de Janeiro de Portugal para Bissau, encaminhado por uma associação de apoio social humanitarius, ao abrigo de um protocolo de colaboração, para a geminação entre Buba e Portimão. A este projecto importante de apoio á Guiné-Bissau, associaram-se outros munícipios de Algarve, como Lagos, Albufeira, Lagoa e Portimão.