«No mundo, há gente notável!»

13/09/10

PROJECTO COM METAS A ATINGIR, PROPÔE-SE AVANÇAR PARA MOÇAMBIQUE

PROJECTO “SAÚDE ALERTA” DA HUMANITARIUS, INTEGRA SAÚDE MATERNO-INFANTIL Um projecto especializado, com 3 grandes metas, que fazem parte dos Objectivos Desenvolvimento do Milénio. Já em fase de um cuidado planeamento, define-se como um dos mais arrojados e completos processos em regime de comissão de serviço, para Moçambique (Cabo Delgado) Fase-1
Dentro do contexto alargado que pretende envolver uma equipa multidisciplinar na promoção da Saúde para todos, o projecto integra áreas especificas com carências identificadas e que urge intervir. A equipa irá direccionar o seu trabalho na prestação de cuidados, campanhas de prevenção, formação e levantamento de novas necessidades. Colaborar com instituições locais e internacionais na promoção da saúde pretendendo ser uma mais valia de referência no objecto da sua Missão: Área de Intervenção: -Saúde Materna, Neonatal e da Criança -Saúde Escolar -Saúde do Adulto -Saúde do Idoso -Emergência Pediátrica -HIV/ Sida Este projecto enquadra-se no que será o 1º PSH (Posto de Saúde Humanitarius)
O grupo de trabalho, envolverá um potencial de meios que servirão de apoio complementar ao exercicio das suas funções. Mesmo na fase de implementação, a equipa propôe-se criar um quadro integrado de formação continua, para uma maior eficácia regional dos seus objectivos.
Para alêm destes quadros, dois operacionais especializados em meios de prevenção da SIDA/HIV, desenvolverão para além de campanhas especificas, acções de sensibilização sobre esta problemática, tendo a consciência do meio social e cultural do país, onde se pretende realizar, estas acções.
As equipas da Emergência na Saúde Materno-Infantil (E.S.M.I.), será composta por: 2 - Médicos, 2 - Enfermeiros, 1 - Técnica Social (Especializada) Está concertado um plano de trabalho, diário em vários Centros de Saúde de proximidade, Maternidades comunitárias, Hospitais, e postos de atendimento do interior. O objectivo é que cada mulher, destes bairros comunitários de Pemba, possa ter acompanhamento durante e após a gravidez, assim como ter acesso a um conjunto de meios de prevenção como a vacinação e o rastreio de várias patologias. Este será um processo como "Comissão de serviço" alargado, que neste momento, requer uma ponderação orçamental, para a sua manutenção e exercicio no terreno.