«No mundo, há gente notável!»

30/04/08

VOLUNTÁRIOS PODEM INCORPORAR PROJECTO "SAUDE ALERTA"

O novo projecto á Guiné, para a restauração do Centro de Saúde de Buba, vai incorporar voluntários médicos e enfermeiros.
Pretende-se com esta participação, que estes profissionais em regime de voluntariado, possam organizar sessões de sensibilização sobre cuidados básicos de saúde, possam inclusivê participar na reunião magna a ser realizada em Buba, sobre suporte básico de vida, cuidados de levantamento e transporte de traumatizados, higiene e cuidados especiais no tratamento, apoio á mulher grávida etc. Esta reunião decorrerá durante o periodo de recuperação e apetrechamento do CS de Buba.
Os profissionais voluntários, asseguram rastreios básicos, tais como, controle de tensão, controlo da diabetes, entre outras patologias.
A ideia é dar uma maior visibilidade aos cuidados de saúde no interior da Guiné, onde é notória uma deficitária higiene e assepsia no acto de tratamento.
Esta componente do projecto será apoiada pelo Ministério da Saúde, ao abrigo da Cooperação portuguesa.

NOVO PROJECTO INCLUI GUINEENSES

O novo projecto já em execução e que vai arrancar com a sua campanha dentro de dias, vai envolver uma estreita colaboração com a Associação Guiné e Amigos, sedeada em Portimão. Esta instituição constituida recentemente, junta-se ao novo projecto para colaboração directa com o "Saúde Alerta".
A reunião de trabalho que designará os moldes de como decorrerá a campanha, vai ser discutida justamente sexta-feira nessa reunião que contará com a presença entre outros da Presidente da AGA.
Todos os membros desta associação são Guineenses e partilharam com o MEPT (Projecto anterior) o seu reconhecimento público pela "missão humanitária" que realizámos á Guiné em fevereiro deste ano.
MINISTÉRIO DA SAÚDE VAI RECEBER PROJECTO
Dada a importancia deste novo projecto, "Saúde Alerta" vai apresentar já na próxima semana ao MS Português, um dossier completo com os registos de relevante interesse ao mesmo ministério.
O Saúde Alerta, faz parte integrante do programa "Agir para Desenvolver" tendo como responsável João Almeida,